Serviço de Utilidade Pública - Lei Municipal nº 5096/2011 de 24 de Novembro de 2011
Criado por Adriano Araújo e Emmanuel Sousa
retalhoscg@hotmail.com

QUAL ASSUNTO VOCÊ ESTÁ PROCURANDO?

Por Rau Ferreira

O Dr. Chateaubriand Bandeira de Melo exercia a medicina na serrana cidade de Campina Grande. Católico fervoroso e devoto de S. Antônio organizava anualmente a festa do seu padroeiro cuja tradição se consolidara na cidade por suas mãos. Para o ano de 1914, o médico convocara o Padre Heliodoro Pires para pregar no dia 14 de junho.

O novenário estava a cargo do Padre Sales, estimado pároco a quem Campina devia muito. E a música seria tocada pela orquestra campinense.

No domingo às oito, o vigário Sales celebrou missa cantada para uma grande multidão. Fez a pregação o Padre Heliodoro, sobre “Santo Antonio, como glória das tradições nacionais e modelos para o caracter nacional”.

Pelas treze horas, em casa do Dr. Chateaubriand foi realizado a entronização da imagem do Sagrado Coração, com participação de sua esposa D. Amanda. Na oportunidade, um grupo de senhoras entoou com acompanhamento de afinada orquestra o hino “Queremos Deus”.

O encerramento da festa se deu pelas cinco horas da tarde na Igreja Matriz. Participaram deste movimento religioso o apostolado da oração, senhoras da escola campinense e alguns religiosos.

À noite a residência do Dr. Chateaubriand foi bastante visitada.

Nascido em S. João do Cariry, formou-se em medicina pela Faculdade da Bahia. Veio residir em Campina onde montou a sua clínica e trabalhou por muitos anos.

Amigo de Irineu Jóffily realizou com o companheiro uma de suas importantes viagens pelo interior da Paraíba. Coube também ao Dr. Bandeira de Melo a oração quando da chegada do trem à Campina.

Referências:

- A PROVÍNCIA, Jornal. Edição de 17 de junho. Recife/PE: 1914.

- ABRANCHES, Dunshee. Governos e congressos da Republica dos Estados Unidos do Brazil, Governos e congressos da Republica dos Estados Unidos do Brazil. M. Abranches: 1918.

- DIÁRIO DE PERNAMBUCO, Edição de 06 de outubro. Recife/PE: 1907

3 comentários

  1. Walmir Chaves on 22 de março de 2013 15:17

    Seria o pai de Chateaubriand dos DIÁRIOS E RADIOS ASSOCIADOS?

     
  2. Edmilson Rodrigues do Ó on 22 de março de 2013 20:32

    Dando sequência a festa de Santo Antonio de Chateaubriand, Bento Figueiredo, ex-prefeito de Campina Grande e irmão do Senador Argemiro de Figueiredo, tratado pelos amigos na intimidade como Belinho Figueiredo, patrocinava todos os anos, na sua fazenda situada em Bodocongó, onde atualmente se localiza o campus da UFCG, os festejos a Santo Antonio. Era uma festa tradicional e que ocorreu até mais ou menos no início dos anos de 1970.

     
  3. Anônimo on 13 de junho de 2017 20:00

    O doutor Chateaubriand era tio de "Chatô, o rei do Brasil".

     


Postar um comentário

 
BlogBlogs.Com.Br