Serviço de Utilidade Pública - Lei Municipal nº 5096/2011 de 24 de Novembro de 2011
Criado por Adriano Araújo e Emmanuel Sousa
retalhoscg@hotmail.com

QUAL ASSUNTO VOCÊ ESTÁ PROCURANDO?

A Micarande, evento criado pelo publicitário Luca Sales e o prefeito Cássio Cunha Lima, foi uma tentativa de reconquistar a paixão do povo campinense pelo carnaval, tão importante no passado da "Rainha da Borborema".

Como é de conhecimento de todos, o evento em seus primeiros anos caiu no gosto popular e em certo momento, rivalizou em importância com o “Maior São João do Mundo”, calendário maior de nosso turismo estadual.

Em 1993, ainda na época das “mortalhas”, seria realizada a 1ª Micarande pós Cássio Cunha Lima, agora com o comando do prefeito Félix Araújo. A festa foi bem organizada e mais uma vez atraiu turistas de toda região nordeste, não existindo ainda, as grandes concorrências das várias micaretas que seriam criadas nos anos seguintes.

Existia até concurso de Miss na Micarande (Fonte: Jornal da Paraíba)

Com atrações do porte de Chiclete com Banana (Spazzio), Asa de Águia (Batata), Galo de Campina (Banda Beijo), Cheiro de Amor (Leve-Me) e outros, o evento contaminava no bom sentido toda cidade, que vestia a camisa da festa, entendendo sua importância econômica.

Propaganda do Bloco Batata para a Micarande 1993

Nas imagens de Emerson Saraiva, abaixo podemos assistir a um pequeno documentário sobre a edição de 1993, imagens que com certeza emocionarão a muitos campinenses que participaram da festa:


Apesar das críticas a Micarande, a festa entrou para a história cultural de nossa cidade. Infelizmente, tudo tem seu começo e fim. Com a decadência das Micaretas pelo Brasil, devido talvez aos altos custos e principalmente, a violência gerada nos eventos do tipo, a Micarande perdeu terreno de 2000 pra cá, pois o povo da cidade, que antes vestia a camisa da festa, foi se afastando até que finalmente, o prefeito Veneziano Vital do Rego resolveu colocar fim no evento em 2008.

Finalizando o tópico, escutem um tema famoso de 1993, do Bloco "Leve-Me":


14 comentários

  1. Helder on 5 de novembro de 2010 10:10

    Eita que raro, sai no Spazzio em 93. Lembranças memoráveis.

     
  2. Anônimo on 5 de novembro de 2010 22:30

    Nessa época não se usava abadá, usava-se mortalha, juntamente com o mamãe sacode a festa ao som de banda Palov era joia. kkkkk já viu que não sou muito novinho né?

     
  3. baixe de tudo um pouco on 2 de agosto de 2011 18:20

    gostei do blog,muito bom ter alguém falando de cg!sinto muita saudade da micarande, a primeira vez que fui foi em 95 nao sai em bloco,pq era pequeno mais ainda lembro bem quando chiclete passava derrubava tudo.por ultimo vou falar sobre a enquete sou muito a favor acho que devemos levantar essa bandeira sim vlw.

     
  4. Ivana on 20 de abril de 2012 10:38

    Muito bom... chega chorei....

     
  5. Anônimo on 20 de abril de 2012 13:32

    A micarande faz muita falta sim!!! Saudades!!!

     
  6. ana on 20 de abril de 2012 19:27

    POis é..hoje o que a gente tem pra oferecer como opção de lazer? Show de banda de forró no Spazzio..e detalhe: Banda da região!!

     
  7. Anônimo on 20 de abril de 2012 21:51

    Micarande com fé em Deus nunca mais!!!

     
  8. Anônimo on 21 de abril de 2012 08:35

    Eita que eu fico irado com esses fanáticos que tem a mania de usar o santo nome de Deus em vão!!! Vão se preocurar com o roubo dos pastores vão!!!

     
  9. Anônimo on 21 de abril de 2012 08:51

    Eu sou católico.

     
  10. Paulo Gomes on 27 de abril de 2012 19:16

    Para a administração do Blog este tipo de polêmica pode! A polêmica construtiva e de nível,NÃO PODE! é censurada ..... Parabéns, estamos seguindo o destino da cidade, sempre de morro abaixo, é uma pena!!

     
  11. RHCG on 28 de abril de 2012 09:22

    Caro Paulo, nós não gostamos de censurar nada, apenas quando a mensagem é muito pesada. NÃO CENSURAMOS A SUA MENSAGEM NAQUELE TÓPICO, só resolvemos apagar o tópico, pois o mesmo não era conteúdo originário do RHCG e aqui não é blog político, apesar de relembrarmos política. Continue deixando suas mensagens, pois gostamos de suas abordagens. Grato.

     
  12. Paulo Gomes on 28 de abril de 2012 17:02

    Com todo respeito que merece a administraçao deste blog, que admiro e considero fundamental para a memória de nossa cidade, bem como para não alongar esta celeuma, finalizo aqui (ainda com todo respeito) afirmando que ainda considero aquele fato uma censura SIM, o meu comentário não foi com relação a política partidária (não enveredaria jamais por este caminho), apenas tentei defender um patrimônio que considero um dos ícones de Campina Grande. Entendo que a administração não quis ofender os "responsáveis" por motivos óbvios e até justificáveis. De minha parte considero este incidente como fato isolado e superado.Parabéns e continuem este belo trabalho de levar as coisas da nossa querida Campina a todos os campinenses!

     
  13. RHCG on 1 de maio de 2012 13:46

    Paulo, repetimos: não censuramos sua mensagem. Apagamos foi o tópico, pois não era conteúdo nosso. Sugiro que vc repita a sua mensagem nesse tópico: http://www.cgretalhos.blogspot.com.br/2012/05/identidade-da-memoria-morta-filme-de.html , pois tem a mesma idéia do tópico apagado e é conteúdo cedido ao nosso blog.

     
  14. Anônimo on 18 de setembro de 2012 19:12

    Gente que saudade ,tempo bom do batata,tá massa.

     


Postar um comentário

 
BlogBlogs.Com.Br